quinta-feira, 29 de agosto de 2013

A PEDRA


O distraído nela tropeçou.
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, construiu com ela.
Para as crianças foi brinquedo.
David matou Golias...
Michelangelo concebeu a mais bela escultura.
Em todos os casos, a diferença não era a pedra, mas sim o tipo de pessoa.

Conclusão: Não existe pedra no teu caminho que não possas usar para teu próprio benefício.

Fonte do texto: desconhecido

2 comentários:

  1. oi Lu,

    grande ensinamento,
    devemos mesmo aprender...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, Luíaa, amei! bjinho;

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...